CEE Mário Moraes estreia nova modalidade de esporte

Katty

O CEE Mário Moraes, no Jardim Celeste, já está oferecendo a modalidade de ginástica geral para crianças e adolescentes da comunidade local. A nova turma dessa modalidade é uma iniciativa da professora de Educação Física, Katty Josepha Alejandra Pinto Passini, que realizou a primeira aula demonstrativa no Dia da Criança, 12 de outubro passado.

Segundo Katty, que é aluna do Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte, promovido pela Prefeitura de São Paulo por meio da SEME/Ecole, as informações que teve nas aulas sobre a família das Atividades Rítmicas e Esportivas despertaram para a possibilidade de oferecer a nova modalidade. “Nós, professores e gestores do Clube Municipal, propomos a nova modalidade às crianças do balé, aos pais e a outras crianças da região, que foram convidadas e aceitaram participar dessa aula inaugural”, explica.

De acordo com a professora Meico Fugita, que trabalha como consultora do projeto de fortalecimento do Programa Clube Escola, a nova prática esportiva faz parte do portfólio que os alunos do Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte estão desenvolvendo para atrair mais praticantes aos 45 clubes esportivos municipais de São Paulo. “A formação continuada promovida pela SEME/Ecole, com apoio da Unesco, visa conferir as demandas e as necessidades para qualificar e expandir o ensino de modalidades esportivas que integram a maior parte das modalidades olímpicas, no entanto, temos um foco no desenvolvimento humano e não somente no esporte de competição”, observa.

O sucesso da aula inaugural de ginástica no CEE Mário Moraes pode ser comprovado pela ampla participação da comunidade. Para a professora Sheila Silva, coordenadora do Ecole, esse tipo de resultado permite uma avaliação de que a SEME está no caminho certo. “Todos os alunos do Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte estão construindo portfólios de trabalho, com base no conhecimento adquirido nas aulas realizadas na Universidade São Judas Tadeu e com o apoio de Guias Didáticos e de um documento que norteia os conceitos essenciais para o desenvolvimento humano. Investir em seus profissionais de Educação Física da rede pública municipal e estimular a prática do esporte na população representa sobretudo uma luta pela construção e fortalecimento da cidadania, além de que praticar esportes nos clubes é muito saudável e divertido”, avalia.

fotos trab pai e mae 304

Fotos: Katty Josepha Alejandra Pinto Passini

fotos trab pai e mae 284

Anúncios

Novos professores de Educação Física visitam o Ecole

IMG_2169

(Da es. para a dir.) Professora Sheila Silva, Fernando de Oliveira Pereira, Maria Alice Alves Gama, Vagner Silva Santos, Fernanda de Oliveira, Marcelo Teixeira dos Santos Campos, professora Laís Helena

Cinco novos professores de Educação Física, que foram admitidos em concurso público, realizado em junho de 2011, foram recepcionados hoje à tarde, dia 25, pela coordenadora do Ecole, professora Sheila Silva, e pela gestora regional da Coordenadoria de Gestão das Políticas e Programas de Esporte e Lazer (CGPE), Laís Helena Malaco. Os novos servidores vão atuar em Clubes Educacionais e Esportivos (CEEs) como professores de diversas modalidades esportivas a partir de novembro.

A professora Sheila Silva apresentou as diretrizes da Prefeitura de São Paulo estabelecidas no Programa Clube Escola, que têm o objetivo de estimular a prática esportiva na população do Município. Segundo a professora Sheila, o foco do Programa está não só na qualificação e atualização dos professores, mas também na formação educacional e esportiva voltada para o desenvolvimento humano.

Já a professora Laís Helena Malaco transmitiu aos novos colegas informações sobre a dinâmica de trabalho nos clubes esportivos municipais, abordando a importância das relações entre os professores e as comunidades onde vão atuar. A professora Laís também explicou quais são as características, funções e responsabilidades envolvidas no dia a dia da gestão administrativa da SEME e o trabalho realizado nos CEEs e também nos Clubes da Comunidade.

Novas estratégias para ampliar a prática esportiva em São Paulo

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo feriado de Dia das Crianças, comemorado no último sábado, dia 12, os professores de Educação Física do Clube Educacional e Esportivo Thomaz Mazzoni, na Vila Maria, apresentaram uma novidade às crianças e jovens que compareceram ao evento organizado especialmente para a data. Trata-se da prática do “slackline“, uma atividade que mistura características de modalidades gímnico-acrobáticas e garante à juventude muita diversão.

Um adepto imediato do “slackline”, o professor Osvaldo Santos Lima, explica que os fundamentos e regras de segurança do “slackline” envolvem a participação dos alunos na escolha dos materiais, no ambiente onde será instalado e no desenvolvimento do espírito de cooperação, este que resulta do desafio de se equilibrar sobre uma fita suspensa, presa a dois anteparos. “Quando usamos árvores como apoio para instalação do material, temos o cuidado de fazer as amarras de modo a não prejudicar a natureza, o que transporta a todos para preocupações outras que não só manter-se em equilíbrio durante a prática”, explica Osvaldo, que faz parte do grupo de alunos/professores de Educação Física do Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte.

De acordo com o consultor e autor do Guia das Atividades Gímnico-acrobáticas, Igor Armbrust, com a diversidade e a visão de desenvolvimento humano que contextualizam do fortalecimento do Programa Clube Escola, os professores estão interagindo com o grupo de gestão e levantando estratégias coletivas, mais especificamente ações de protagonismo, cooperação e significado esportivo. “Isso gera maior planejamento das modalidades e atividades esportivas apoiadas com o objetivo de fortalecer os resultados da política de expansão dos Clubes Esportivos Municipais e da maior integração entre esporte e educação”, afirma.

Os consultores e autores dos Guias Didáticos, que formarão a coleção de obras sobre dezenas de modalidades esportivas previstas em seis grandes famílias esportivas (veja mais aqui), estão participando de  encontros com gestores e professores de Educação Física que atuam nos Clubes Esportivos Municipais. Nesses encontros, estão sendo levantados os principais desafios para atrair a população aos equipamentos esportivos de São Paulo. “Uma das estratégias é criar a oferta de atividades diferenciadas para captar mais alunos às aulas e ampliar o oferecimento de atividades em 2014, inclusive aproveitando-se eventos estipulados em calendário da Prefeitura, a exemplo do Dia da Criança”, explica Igor.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Pesquisa sobre metodologias de ensino na Educação Física Escolar

METODOLOGIAS DE ENSINO UTILIZADAS NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: ANÁLISE DA PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO

Inácio Brandl Neto, Sheila Aparecida Pereira dos Santos Silva, Maria Luiza de Jesus Miranda
Resumo
O tema refere-se à produção de conhecimento sobre metodologias de ensino utilizadas na Educação Física Escolar. O objetivo foi identificar as abordagens metodológicas dos estudos e analisá-las. A pesquisa foi uma Revisão Sistemática. Buscaram-se publicações recentes e as informações foram coletadas em três bases de dados. Verificou-se o tipo de pesquisa, os instrumentos e outros detalhamentos. A palavra-chave básica foi “ensino”. Constataram-se poucas publicações, pois de 470 registros, somente 40 estavam relacionados ao assunto. O tipo de pesquisa mais utilizado foi a descritiva (25), e as entrevistas (23), as observações (21) e os questionários (14), foram os instrumentos mais utilizados.

Palavras-chave

Educação Física; Escola; Metodologias; Produção de conhecimento (Bibliometria).

Texto completo: PDF