Evento marca a conclusão de Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte

Na próxima segunda-feira, gestores e professores de Educação Física que participaram e foram aprovados no Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte, promovido neste ano, estão sendo convidados para receber os certificados de conclusão das mãos do secretário de Esportes, Lazer e Recreação, Celso Jatene. O evento acontecerá no COTP, auditório A, a partir das 8 horas, quando os alunos que participaram do Módulo III vão apresentar os trabalhos que realizaram com o objetivo de levar até as unidades esportivas municipais o conteúdo da nova proposta pedagógica que promove a educação pelo esporte, com foco no desenvolvimento humano.

image001

O Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte teve um total de 120 horas e foi dividido em três módulos. Cada aluno que participou e foi aprovado no(s) módulo(s) receberá um certificado de conclusão pertinente. O resultado do Módulo III será publicado até amanhã, dia 29, segundo informa a gestora da SEME junto ao Acordo de Cooperação com a Unesco, professora Laís Malaco. Parabéns a todos os aprovados!

Aprovados no Módulo I

modulodois

modulotres

Anúncios

Professores avaliam Curso de Atualização na etapa final

Na etapa final do Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte, promovido pela SEME, por meio do Ecole, professores que participaram do curso fizeram uma pequena avaliação desta iniciativa da Prefeitura de São Paulo, que tem o apoio da Unesco. Confira abaixo:

Soraia_Fernandes_MartinsA professora Soraia Fernandes Martins, 41, conhece a realidade dos Clubes Esportivos Municipais. Ela já atuou como educadora de voleibol, ginástica geral e rítmica no CEE Ryuso Ogawa – Vila Guarani. Formada pelas Faculdades Integradas de Santo André (FEFISA), em 2000, e especializada em Educação Esportiva pela Uninove (2013), Soraia agora trabalha com gestão pública, tornando-se gestora local e depois gestora regional da CGPE, na SEME. De acordo com ela, o Curso de Atualização ofereceu uma visão renovada, porque uniu a preocupação da melhoria no conteúdo didático das modalidades esportivas com a viabilidade operacional no âmbito dos Centros Educacionais e Esportivos. “Ao conhecer melhor a realidade apresentada pelos colegas/professores que participaram do Curso, podemos trabalhar mais possibilidades para melhorar os processos de monitoramento e avaliação dos espaços geridos pela Prefeitura. Isso equivale a dizer que temos maior condição de propor alternativas e mais qualidade nos serviços prestados à população”, afirma. Soraia lembra que já está agregando à sua rotina de trabalho informações que vão aperfeiçoar desde check lists  até a forma como abordar novas estratégias de relacionamento profissional.

Andrea_Katia_ZoccaratoA formação de cidadãos por meio do Esporte como ferramenta de Educação é um objetivo para o qual a professora Andrea Kátia Zoccarato, 43, considera a realização do Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte como mola mestra da  proposta da Prefeitura de São Paulo para incentivar a prática esportiva no Município. “Aprendemos sobre dezenas de modalidades esportivas e isso proporcionou conhecimento para que os espaços dos Clubes Esportivos Municipais sejam melhor aproveitados, inclusive com a ajuda das comunidades das diversas regiões de São Paulo. Essa participação é fundamental para que gestores, educadores e alunos tenham entre si uma visão clara dos objetivos que todos podem alcançar não só nos aspectos do desempenho esportivo, mas sobretudo quanto ao desenvolvimento humano e na melhoria da qualidade de vida da população”, avalia. Andrea é formada (1992) e pós-graduada em Educação Física Escolar pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e graduada em Pedagogia pela Uninove (2012). Ela atua no CEE Raul Tabajara como professora de ginástica localizada, caminhada, hidroginástica e outras modalidades. “Estamos estudando a possibilidade de abrir uma turma de nado sincronizado”, lembra Andrea, que está desenvolvendo também um projeto de introdução ao atletismo para crianças de cinco e seis anos de idade.

Marcelo_BezerraO professor Marcelo Bezerra , 38, considera que o Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte foi uma ótima ação do governo municipal no sentido de apontar caminhos para integrar mais as políticas de Educação e de Esportes. Segundo ele, o Curso apresentou uma oportunidade excelente para se pensar em conjunto na perspectiva de aplicar novos conceitos e metodologias às aulas. “O saber pedagógico da Educação pelo Esporte deve ser comum no âmbito da Prefeitura, estabelecendo entre a SEME e a SME um caminho a ser consolidado nos Clubes Esportivos Municipais e nos CEUs”, afirma. Marcelo cursou licenciatura e bacharelado em Educação Física pela Faculdade de Diadema (FAD), em 2009, e pós-graduação em Administração de Marketing Esportivo, na Universidade Gama Filho. Ele trabalha no CEU Capão Redondo, com alunos de seis a 17 anos, dos ensinos fundamental e médio.

Regina_Helena_PistilloA professora Regina Helena Pistillo, formada pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), em 1991, conhece de perto como funcionam as gestões da SME e da SEME. Ela já atuou como educadora em unidades administradas pelas duas secretarias municipais. Regina considera que o Curso de Atualização pode aproximar ainda mais as duas secretarias, aproveitando de cada uma o que há de melhor em termos de gestão e de elaboração de conteúdos para incentivo à prática esportiva em São Paulo. Segundo ela, os professores de Educação Física da Prefeitura de São Paulo não têm dificuldades em assumir em conjunto a proposta pedagógica de desenvolvimento humano por meio do esporte. “O público das duas secretarias em parte é o mesmo, então, não vejo problema na consolidação desta nova proposta pedagógica. É preciso que haja um maior alinhamento nos processos de gestão, para que não ocorram incongruências nos projetos que poderão ser firmados em parceria”, observa.

Aline_Caroprese_FontesBailarina desde dos seis anos de idade, Aline Caroprese Fontes, 32, atua hoje no CEE José Hermínio de Moraes, na Vila Curuçá, ministrando aulas de balé, jazz e dança de salão para cerca de 150 alunos. Aline ressalta que o Curso de Atualização proporcionou o conhecimento necessário para definir estratégias de aproximação com as comunidades onde se situam os Centros Educacionais e Esportivos. “Já estamos realizando eventos em parceria com outros CEEs, com a ajuda da comunidade, para estimular a prática de esportes entre crianças e adolescentes. Essa integração entre Clubes Municipais de uma mesma região permite compartilharmos problemas e propor soluções que atendam da melhor forma as necessidades da população”, descreve. Aline é graduada em Educação Física pela USJT (2003); pós-graduada pela Unifesp em Fisiologia do Exercício (2004) e está concluindo curso de especialização em Pilates, pela Universidade Gama Filho.

lydia_maria_carvalho_infanteEx-atleta medalhista dos Jogos Universitários de 1972, a professora Lydia Maria Carvalho Infante mantém o ritmo que marcou sua conquista nos 200 metros do atletismo, demonstrando grande entusiasmo em sua participação como aluna do Curso de Atualização em Pedagogia do Esporte. Atualmente, Lydia trabalha como gestora da CGPE, na SEME, e considera prioritário que a Prefeitura de São Paulo esteja investindo na formação de crianças e adolescentes com foco numa metodologia de ensino e aprendizagem baseada  no Esporte e no contexto social. “A proposta pedagógica reforça o compromisso pelo respeito à pessoa, na sua individualidade, mas busca sua integração e evolução para o bem da nossa sociedade”, reforça. Lydia é formada pela Fefisa (1972) e pós-graduada pela Universidade de Brasília (UnB).

Audiência pública discutirá orçamento do Estado de SP para o esporte

audienciaPpublica_esporte

A Comissão de Assuntos Desportivos da Assembleia Legislativa está convidando para a realização de audiência pública sobre o orçamento estadual do esporte para 2014. A audiência acontecerá no próximo dia 13 de novembro, quarta-feira, no Auditório Franco Montoro, às 14h.
Segundo informações da Comissão, a previsão para o próximo ano é que o orçamento da pasta do esporte não atinja 1% do orçamento geral do Estado. Este valor seria de R$ 185 milhões, 0,098% de R$ 200 bilhões, a ser distribuído conforme a descrição abaixo:

Descrição:
1. Gerenciamento Administrativo = R$ 79,4 milhões
2. Manutenção dos Centros de Excelência = R$ 13,5 milhões
3. Campeonatos = 35,5 milhões
4. Bolsa Talento = R$ 7,1 milhões
5. Esporte para Deficientes = R$ 1,9 milhões
6. Campeonato Escolar = R$ 22,1 milhões
7. Obras = R$ 10 milhões
8. Materiais e equipamentos esportivos = R$ 3,1 milhões
9. Esporte Social = 3,6 milhões (conseguirá atender 30 municípios e/ou entidades: única ação de inclusão social)
10. Desenvolvimento Jovem = R$ 3,1 milhões
11. Viva a Vida–Lazer = R$ 5,1 milhões
(FONTE: COMISSÃO DE ASSUNTOS DESPORTIVOS DA ALESP)